Mais de 2 mi viram queima de fogos em Copacabana

Mais de dois milhões de pessoas, segundo estimativas oficiais, acompanharam a queima de fogos na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, na virada do ano. Hoje de manhã, garis recolheram cerca de 300 toneladas de lixo no local.

Agência Estado |

A passagem do ano foi considerada tranqüila, embora cinco pessoas tenham sido baleadas em Copacabana.

O público foi maior do que o esperado por conta do cancelamento do espetáculo de fogos de artifício nas praias de Ipanema e do Flamengo. Os espectadores festejaram a virada assistindo à queima de 24 toneladas de fogos, que durou mais de 20 minutos. A chuva que caiu quase a noite toda parou pouco antes da zero hora e não tirou a animação dos que estavam nas praias. Na Barra, estima-se que um milhão de pessoas tenham assistido ao show pirotécnico e dançado ao som de música eletrônica.

As cinco pessoas atingidas por balas perdidas na praia da Copacabana, entre zero hora e uma hora, foram levadas pelos bombeiros para o Hospital Miguel Couto, no Leblon, e liberadas em seguida. Rafael Pereira Leite, de 19 anos, foi ferido no braço direito e Priscila Oliveira da Silva, de 26 anos, atingida no pé direito. Os dois estavam próximos ao palco onde a cantora Mart'nália se apresentou logo após o show dos fogos.

Nilza Maria Batista Vieira, de 53 anos, levou tiro na perna direita. Já Regina Maria da Silva Ribeiro, de 37 anos, foi atingida de raspão no ombro direito. A quinta vítima é Anderson da Silva, ferido também de raspão. A Polícia Militar (PM) não soube informar de onde partiram os disparos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG