Mãe é suspeita de matar o filho de 3 anos em MG

Em 2008, suspeita foi presa ao queimar o rosto do filho com produto químico e perdeu a guarda da criança, mas conseguiu retomá-la

Agência Estado |

A dona de casa Ana Paula Gomes é apontada pela Polícia Militar de Sacramento (MG), no sudoeste mineiro, a 480 quilômetros de Belo Horizonte, como a responsável pela morte do próprio filho de 3 anos, espancado na noite de quinta-feira.

Segundo a polícia, Ana Paula caminhou por cerca de uma hora com a criança no colo até a Santa Casa da cidade, onde afirmou aos plantonistas que o menino havia caído.

Ao verificar que a criança já estava morta e ver ferimentos em seu corpo, o médico acionou policiais do 37º Batalhão. Os PMs encaminharam a jovem à delegacia. Ana Paula foi autuada em flagrante por homicídio e aguardará presa ao fim do inquérito e ao julgamento.

Em agosto de 2008, a dona de casa foi presa ao queimar o rosto do filho com um produto químico. A mãe perdeu a guarda da criança, mas conseguiu retomá-la após ganhar liberdade provisória. Os outros dois filhos de Ana Paula - de um ano e meio e de seis anos - foram levados para um abrigo de Sacramento.

    Leia tudo sobre: Minas Geraiscrimematernidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG