Maurício Stycer: O ser humano é viável? http://images.ig.com.br/publicador/ultimosegundo/arquivos/cdocuments_and_settingsadministradormeus_documentosaud_n764.wma target=_topOuça o áudio da conversa do ladrão com a polícia (é preciso ter o Windows Media Player instalado)" / Maurício Stycer: O ser humano é viável? http://images.ig.com.br/publicador/ultimosegundo/arquivos/cdocuments_and_settingsadministradormeus_documentosaud_n764.wma target=_topOuça o áudio da conversa do ladrão com a polícia (é preciso ter o Windows Media Player instalado)" /

Mãe e padrasto de menino encontrado em carro após furto serão ouvidos pela polícia

PORTO ALEGRE ¿ A titular da 2ª Delegacia de Polícia de Passo Fundo, Cláudia Rocha Crusius, pretende ouvir até a próxima segunda-feira a mãe e o padrasto do menino de cinco anos que foi encontrado dormindo no banco de trás de um carro por um bandido que tinha acabado de furtar o automóvel. http://colunistas.ig.com.br/mauriciostycer/ target=_blankMaurício Stycer: O ser humano é viável? http://images.ig.com.br/publicador/ultimosegundo/arquivos/cdocuments_and_settingsadministradormeus_documentosaud_n764.wma target=_topOuça o áudio da conversa do ladrão com a polícia (é preciso ter o Windows Media Player instalado)

Redação |

Acordo Ortográfico Segundo a delegada, um processo foi instaurado para apurar o furto do veículo. Ela encaminhou uma cópia do documento à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), que irá investigar a responsabilidade da mãe e do padrasto do menino no caso. Eles poderão responder pelo crime de abandono de incapaz, cuja pena varia entre 1 e 3 três anos de detenção.

O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira, no município de Passo Fundo, no interior do Rio Grande do Sul. Um assaltante furtou, por volta das 2h, um Monza que estava estacionado na porta de um bar no centro da cidade. Minutos depois de ter cometido o furto, o criminoso percebeu que havia uma criança dormindo no banco de trás do carro. Surpreso com o fato, ele ligou para a Brigada Militar, fez uma reclamação com os policiais a respeito da irresponsabilidade dos pais da criança e informou aonde abandonaria o automóvel.

Quando os agentes encontraram o Monza, o menino ainda estava dormindo. Como o veículo estava com os documentos vencidos, acabou sendo guinchado. A mãe da criança, uma dona de casa, de 22 anos, e o padrasto, um funcionário público, de 46, estavam em um bar e foram levados para a Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA) de Passo Fundo.

Não devemos endeusar a atitude do bandido, já que ele saiu de casa com a intenção de furtar. No entanto, o fato dele ter agido dessa forma mostra que a gente não pode perder a esperança na humanidade, disse a delegada Cláudia Crusius.

Leia também:

Leia mais sobre: roubos a veículos

    Leia tudo sobre: assaltantecarrofurtomeninopasso fundopolíciaveículos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG