Mãe é condenada a 25 anos por envenenar filhos em São Paulo

SÃO PAULO - A dona de casa Maria Ivone do Nascimento, de 49 anos, foi condenada a 25 anos de prisão por envenenar os filhos de 14 e 21 anos em abril de 2005, matando o mais velho. O julgamento aconteceu nesta terça-feira no Fórum de São Vicente e durou mais de nove horas.

Agência Estado |

Analfabeta, Ivone é separada e morava em São Vicente, na Baixada Santista, com os dois filhos. A defesa alegou que a réu não suportava mais as conseqüências dos problemas dos filhos com as drogas e por isso decidiu colocar veneno de rato no pão dos meninos, acreditando que eles morreriam dormindo.

No entanto, T.M.N., hoje com 17 anos, e José do Nascimento, que morreu aos 21 anos, começaram a passar mal e a mãe chamou socorro médico.

A versão de que os jovens eram usuários de drogas foi contestada pelo Ministério Público durante o julgamento, que contou com o depoimento de sete testemunhas.

A sentença foi anunciada pela juíza Débora Faitore Pereira, com a condenação do júri popular por 4 votos a 3. Ivone foi condenada a 15 anos de prisão pela morte de José e a 10 anos pelo envenenamento do caçula. Após a prisão da mãe, que confessou o crime em 2005, T. foi morar com o pai, mas fugiu de casa e ninguém sabe onde se encontra.

O advogado de defesa, Moisés Rosa, considerou a pena alta, mas afirmou que a família ainda não decidiu se pedirá a apelação. "A família ficou de ir ao escritório nessa semana. Ela está presa há 3 anos e 3 meses em uma cela no 2º. DP de São Vicente e a família não gostaria que continuasse nas mesmas condições", explicou o advogado.

Segundo Rosa, se não houver recurso, Ivone será encaminhada a uma penitenciária e em alguns meses (quando completar quatro anos de reclusão) já poderá pedir para cumprir a pena no regime semi-aberto.

Leia mais sobre: violência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG