rebatizada de gripe A H1N1) no Rio de Janeiro se emocionou ao falar da alta médica recebida pelo filho nesta quarta-feira. É um alívio por ele não ter tido nada sério, disse." / gripe suína se emociona no Rio de Janeiro - Brasil - iG" / rebatizada de gripe A H1N1) no Rio de Janeiro se emocionou ao falar da alta médica recebida pelo filho nesta quarta-feira. É um alívio por ele não ter tido nada sério, disse." /

Mãe de jovem infectado por gripe suína se emociona no Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO - A mãe do rapaz de 21 anos que teve o primeiro caso confirmado de gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/30/oms+decide+mudar+nome+da+gripe+suina+5867916.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1) no Rio de Janeiro se emocionou ao falar da alta médica recebida pelo filho nesta quarta-feira. É um alívio por ele não ter tido nada sério, disse.

Anderson Dezan, do Último Segundo |

O jovem deixou o hospital universitário Clementino Fraga Filho, na Ilha do Fundão, antes das 9h desta quarta-feira por uma saída dos fundos da unidade para não falar com a imprensa. O rapaz ficou internado por dez dias no hospital, tempo necessário para a cura da "gripe suína" e garantia de não transmissão do vírus da doença.

De acordo com a mãe do jovem, rever o filho foi um alívio. "Foi um reencontro de mãe e filho que não se viam há dez dias. Eu também passei na casa da minha mãe, que eu não estava podendo ver", relatou emocionada.

Segundo ela, o filho não recebeu nenhum tipo de recomendação dos médicos ao deixar o hospital, já que eles informaram que o rapaz está totalmente curado da doença. A mãe do jovem disse que a gripe do filho foi mais branda que a normal. "Foi somente tosse e uma febre pequena de 37,5º. Foi bem leve o que ele teve", afirmou.

Após receber alta, o rapaz não foi para sua casa, e sim para a residência de amigos da família para fugir do assédio da imprensa. De acordo com a mãe, o filho busca tranquilidade. "Agora é seguir o rumo e ficar rezando pelas pessoas que ficaram lá no hospital", finalizou.

Em entrevista à "TV Globo" na terça-feira, o jovem de 21 anos contou ter ficado um pouco assustado ao receber a notícia de que estava com a doença, mas que foi uma gripe "relativamente fraca", em comparação com outras que ele já teve.

Internados

Segundo o chefe do serviço de epidemiologia e avaliação do Hospital do Fundão, dr. Roberto Fiszman, o amigo do jovem de 21 anos e a mãe desse amigo, também confirmados como portadores do vírus da "gripe suína", continuam em tratamento, apesar de estarem sem febre e em bom estado de saúde.

De acordo com o médico, eles aguardam em regime de isolamento até o término do período de risco de contágio do vírus, que é de dez dias.

Um outro paciente, de 24 anos, que chegou dos Estados Unidos, foi internado na tarde de terça-feira com suspeita de estar com a gripe. Ele está com febre mas não apresenta evidências de complicações clínicas.

Casos

De acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, até o momento, há 39 casos em monitoramento, em 12 Estados. Outros 188 casos foram descartados.

O Ministério da Saúde acompanha ainda  37 casos suspeitos  "gripe suína" no País. Os casos suspeitos estão nos Estados de São Paulo (14), Minas Gerais (7), Distrito Federal (4), Pernambuco (3), Rio de Janeiro (3), Alagoas (2), Ceará (1), Pará (1), Rio Grande do Sul (1) e Rondônia (1).

Leia também:



Entenda a "gripe suína"


Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG