RIO (Reuters) - Madonna bem que tentou mostrar seu samba, mas criou confusão entre os seguranças da popstar e os fotógrafos que a cercaram, impedindo que a cantora entrasse na avenida durante o desfile da Imperatriz Leopoldinense neste domingo. Vestida de preto e com um echarpe da mesma cor, Madonna chegou ao camarote oficial do governador Sérgio Cabral acompanhada de seu namorado brasileiro, Jesus Luz, e de seus filhos durante a passagem da União da Ilha, a primeira escola a desfilar na Marquês de Sapucaí na primeira noite de desfiles do Grupo Especial.

Mas foi quando passou a Imperatriz, segunda escola a entrar na avenida, que Madonna decidiu descer até a pista para acompanhar de perto a festa.

Ao lado de Sérgio Cabral, que pediu aos organizadores que abrissem caminho para a estrela, Madonna tentou participar do desfile da escola, mas acabou desistindo devido ao enorme tumulto causado pelos seguranças e fotógrafos em volta dela.

A popstar então voltou para a área reservada do camarote oficial, de onde saiu pouco depois para visitar outro camarote, de uma cervejeria, no qual esteve numa área também isolada.

No camarote do governo, Madonna encontrou-se com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, que inclusive segurou no colo a filha adotiva da cantora Mercy durante parte do desfile.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.