Madonna irá ao Malauí na semana que vem tratar de adoção

LILONGUE (Reuters) - A cantora Madonna deve voltar na semana que vem ao Malauí para o que deve ser a última audiência judicial sobre a adoção de um menino desse país, situado no sul da África, disse um funcionário do aeroporto local na terça-feira. Esse funcionário declarou à Reuters que o jato dela foi autorizado a pousar em Lilongue a partir do dia 8.

Reuters |

Em fevereiro, o governo elogiou Madonna por defender os órfãos do país e disse que seria errado proibi-la de adotar o menino David Banda, que ela conheceu num orfanato em 2006.

O menino atualmente vive com Madonna e seu marido, o cineasta Guy Ritchie, em Londres.

Críticos acusaram o governo de ignorar determinadas leis que regulamentam a adoção de crianças malauianas por estrangeiros. O país, muito afetado pela epidemia de Aids, é um dos mais pobres do mundo.

Estima-se que haja 1 milhão de órfãos no Malauí, muitos deles soropositivos. O governo local está revendo as leis de adoção.

(Reportagem de Mabvuto Banda)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG