Madonna invade o hip-hop em novo disco repleto de parcerias

ROMA, 23 ABR (ANSA) - Depois da turnê de maior sucesso em sua carreira com o disco Confession on a Dance Floor, Madonna agora vai se aventurar no mundo do hip-hop. E para o novo trabalho, adotou um critério de escolha de parceiros que só estaria mesmo ao seu alcance: Madonna vai chamar os nomes mais quentes da cena musical.

Agência Ansa |

Assim, "Hard Candy" -- o 11º disco da cantora -- será elaborado com a farta contribuição de Justin Timberlake (a nova estrela da música pop), Pharell Williams (diva do rap que forma o grupo Neptunes ao lado de Chad Hugo) e Timbaland (produtor rapper mais em voga da atualidade, que já trabalhou com Björk, Justin Timberlake, Nelly Furtado, Missy Elliott, 50 Cent, Mario Barrett, Fall Out Boy, Destiny's Child e Duran Duran).

"A novidade é que até agora eu estava acostumada a ser a única diva no estúdio. Dessa vez, tivemos que dividir os espaços, mas não vou dizer quem foi a mais diva", brinca Madonna durante uma entrevista televisiva difundida pela gravadora da cantora.

Timbaland participa de quatro das 12 músicas do disco, enquanto os Neptunes assinam as outras sete faixas que compõe o novo trabalho de Madonna. Altamente dançante, "Hard Candy" terá tudo para bater novos recordes de venda e de audiência nas "discos" do planeta.

"[O disco] reflete o estado de ânimo com o qual o gravei, isto é, de uma pessoa que tem vontade de se divertir e de dançar. Mas isso não me impediu de ver o que acontece no mundo, sobretudo no Oriente Médio", disse a cantora.

Segundo Madonna, "as pessoas estão preocupadas, mas ao mesmo tempo precisam de distração". "Não acho que uma música possa materialmente salvar o mundo, mas acredito que 'Imagine' de John Lennon seja o exemplo perfeito de como uma canção pode interpretar um sentimento universal", disse. (ANSA)

    Leia tudo sobre: madonna

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG