LILONGUE (Reuters) - A cantora norte-americana Madonna entrou com recurso contra uma decisão judicial, que negou o pedido de adoção de uma segunda criança do Malaui, disse seu advogado nesta sexta-feira. Eu apenas registrei a notificação do recurso nesta tarde, seguindo instruções de minha cliente, disse à Reuters Alan Chinula.

A Suprema Corte decidiu na manhã desta sexta-feira que Madonna não poderia adotar uma segunda criança do mesmo país, uma menina de 4 anos de idade chamada Mercy James.

(Reportagem de Mabvuto Banda)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.