dolorosa - Brasil - iG" /

Madonna diz que polêmica de adoção foi dolorosa

Madonna diz que polêmica de adoção foi dolorosa Por Ricardo Bairos Nova York, 23 (AE) - (23.mai) Madonna disse que a polêmica em torno da adoção do menino David Banda no Malawi foi dolorosa, mas ela acha que ficou mais forte.

Agência Estado |

"Não posso reclamar." Em entrevista durante o Festival Internacional de Cinema de Cannes, onde apresentou o filme "I Am Because We Are", ela disse que ainda não sabe quando a adoção vai ser completa. "Quando uma mulher tem um filho de parto natural, ela tem de lidar com muita dor. Esta foi a minha dor." Segundo ela, não há nada de polêmico sobre a adoção. "É apenas muita burocracia." Madonna disse apenas que a adoção foi menino foi pioneira e ela acha que, depois de seu caso, as portas vão ser abertas para outras adoções internacionais. (Planet Pop)

MARTIN SCORSESE DESISTE DE FILME SOBRE BOB MARLEY

(23.mai) Martin Scorsese desistiu de dirigir um filme sobre a vida de Bob Marley. Jonathan Demme vai substituir o cineasta premiado no documentário. O diretor do filme recente "Shine a Light", sobre os Rolling Stones, alegou problemas de agenda para pular fora do projeto. Segundo um filhos do rei do reggae, Ziggy, o novo diretor tem um entendimento único do gênero de documentário musical e é fã do legado de Marley. "Este filme vai ser a maior celebração de sua vida", disse ele. A idéia é que o filme chegue aos cinemas em 6 de fevereiro de 2010, que seria o aniversário de 65 anos do artista jamaicano. (Planet Pop)

ANTHONY HOPKINS VAI SER REI LEAR

(23.mai) "Rei Lear" vai ganhar outra versão no cinema. Anthony Hopkins vai interpretar o personagem principal da obra de William Shakespeare. Keira Knightley e Gwyneth Paltrow também vão estar no elenco da fita, respectivamente como Cordélia, a filha mais nova do rei, e Regan, a do meio. A atriz que vai interpretar a mais velha, Goneril, ainda não foi escolhida. O filme, com orçamento de US$ 35 milhões, foi anunciado durante o Festival Internacional de Cinema de Cannes, na França, esta semana. (Planet Pop)

RICHARD DREYFUSS VAI SER DICK CHENEY EM "W"

(23.mai) Richard Dreyfuss está em negociações finais para fazer o papel de Dick Cheney em "W", o filme de Oliver Stone sobre a presidência de George W. Bush. Este é o último papel importante que ainda precisa ser preenchido no filme. A Casa Branca da fita já está ocupada por Josh Brolin (o presidente), Thandie Newton (Condoleezza Rice) e Elizabeth Banks (Laura Bush). As filmagens vão começar ainda este mês em Shreveport, Louisiana. A fita vai ser lançada em 17 de outubro, antes da eleição presidencial de 3 de novembro. Em DVD, o filme vai ser lançado em janeiro, quando Bush deixar o poder. (Planet Pop)

ROBERT REDFORD ESTÁ NOIVO

(23.mai) Robert Redford está noivo. O ator e diretor, de 71 anos, vai subir ao altar com sua namorada 19 anos mais nova, a artista alemã Sibylle Szaggars. O casal está junto há 12 anos. Redford, que é muito reservado, conseguiu manter em segredo o fim de seu primeiro casamento, com Lola Van Wagenen, por 10 anos. Em entrevista para a revista alemã "Bunte", ele disse que está noivo "e muito feliz". (Planet Pop)

JAKE GYLLENHAAL VAI SER PERSONAGEM DE VIDEOGAME

(23.mai) Jake Gyllenhaal vai trabalhar a seguir na adaptação de um videogame. O ator acaba de ser confirmado no elenco de "Prince of Persia: The Sands of Time", baseado no popular jogo da Ubisoft. O projeto vai ter direção de Mike Newell e produção de Jerry Bruckheimer. Gemma Arterton também vai estar no elenco da fita. Gyllenhaal vai fazer o papel de Dastan, um príncipe jovem da Pérsia do século 6 que tem de juntar forças com Tamina (Arterton), uma princesa exótica e energética. Os dois tentam evitar que um nobre mau ganhe posse das Areias do Tempo, um presente dos deuses que permite reverter o tempo e dominar o mundo. (Planet Pop)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG