Madonna atrasa 2 horas, mas show agrada no Morumbi

O primeiro dos três shows de Madonna no Morumbi, em São Paulo ontem à noite, não teve grandes surpresas, a não ser o atraso maior ainda do que na segunda apresentação no Maracanã. Mas o show foi tão bom quanto o segundo show no Rio.

Agência Estado |

Os relógios marcavam 21h51 (o horário marcado nos ingressos era 20 horas) quando as luzes do estádio foram apagadas e milhares de flashes de câmeras digitais espocavam por todo o espaço.

Havia 67 mil pessoas à espera da primadona, que chegou a ser vaiada timidamente algumas vezes. Até o coro de “piranha, piranha”, com que os cariocas a “brindaram” na segunda-feira, pelo mesmo motivo, chegou a ecoar. Madonna chegou cedo ao estádio e fez passagem de som com a banda de parte do roteiro, cantando músicas como Heartbeat , Ray of Light , Borderline , Miles Away e Into the Groove , durante a qual até pulou corda, como no show. Como no Rio, nesse momento os fãs permaneciam do lado de fora do estádio, já que os portões ainda não haviam sido abertos.

Nem se chovesse o show seria muito diferente dos dois que ela apresentou no Maracanã no domingo (em que estava visivelmente irritada por conta do aguaceiro) e na segunda (seca, sorridente, livre de problemas técnicos e muito mais inspirada). Rolou um boato que ela cancelaria o show de ontem se se concretizassem as nada animadoras previsões meteorológicas. Felizmente as nuvens negras voaram para longe do estádio. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG