Maceió registra 18º homicídio de morador de rua no ano

Em 2010, a polícia registrou 34 homicídios de moradores de rua na capital alagoana

AE |

selo

O morador de rua Eronildo Siqueira, de 36 anos, foi morto a tiros na madrugada de hoje, quando dormia em uma calçada, na Rua Virgílio Guedes, no bairro da Ponta Grossa, em Maceió. De acordo com a polícia, o crime teria sido praticado por dois homens não identificados.

Com a morte de Eronildo, sobe para 18 o número de moradores de rua assassinados este ano em Maceió, conforme dados oficiais do Instituto Médico Legal Estácio de Lima (o IML de Maceió). No ano passado, de acordo com dados oficiais, foram registrados 34 assassinatos de moradores de rua em Alagoas.

A delegada Maria Aparecida de Araújo, que investiga o crime, disse que a vítima tinha família, mas, por ter se tornado alcoólatra, passou a morar nas ruas e a dormir em calçadas no bairro. "Ele costumava ir buscar comida na casa do padrasto, identificado como José Frederico da Silva", disse a delegada.

Aparecida afirmou ainda que os agentes da sua delegacia tentaram ouvir Frederico, mas o parente da vítima se recusou a falar com a Polícia, alegando que no local impera a lei do silêncio.

"Esse senhor que era padrasto da vítima chegou a afirmar que, caso falasse, não teria segurança depois e fatalmente seria assassinado", disse Aparecida, acrescentando que ainda não tem pistas dos assassinos ou da motivação do crime.

    Leia tudo sobre: homicídiomorador de ruacrimemaceió

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG