Mabel: adiamento da votação será visto semana que vem

O relator da proposta de reforma tributária, deputado Sandro Mabel (PR-GO), informou que a decisão de adiar a votação da proposta de emenda constitucional para março, como quer a oposição, será tomada na próxima semana. Ele também confirmou que os governadores dos Estados do Norte e do Nordeste, que estiveram reunidos hoje com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, fecharam questão a favor da votação ainda este ano.

Agência Estado |

Mabel disse que o governo fará uma avaliação no começo da próxima semana sobre as condições de plenário.

Segundo ele, na próxima semana, mais duas medidas provisórias (MPs) entram na pauta da Câmara e, se houver obstrução da oposição, serão mais uma ou duas semanas perdidas. Mabel contou que os governadores do Norte e do Nordeste, inclusive o tucano Teotonio Vilela (AL), concordaram em assinar um documento apoiando a votação da reforma tributária neste ano.

"Foi uma grita geral que precisa votar imediatamente. Os governadores, inclusive, saíram daqui (do Ministério da Fazenda) com o compromisso de articular suas bancadas. Portanto, semana que vem será bem movimentada." Ele informou ainda que os recursos do Fundo de Desenvolvimento Regional, previstos em R$ 4,7 bilhões, podem ser ampliados durante a votação na Câmara e no Senado. A reivindicação dos governadores é que chegue a R$ 8 bilhões.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG