Polícia prende dois dos bandidos mais procurados do Nordeste

Um deles é acusado de libertar pessoas envolvidas com assalto ao Banco Central, em 2005. O outro é suspeito de comandar sequestros

Wilson Lima, iG Maranhão | 18/03/2011 20:35

Compartilhar:

A Polícia Civil do Maranhão prendeu na madrugada desta sexta-feira os dois bandidos mais procurados do Ceará e considerados um dos mais perigosos da região Nordeste. Alexandre de Sousa Ribeiro, o “Alex Gardenal”, é acusado de comandar a fuga de dez presos de um presídio de segurança máxima de Fortaleza (CE) em fevereiro deste ano. Já Francisco Fabiano da Silva Aquino, o “Fabinho da Pavona”, é acusado de comandar sequestros a mão armada em Fortaleza (CE) e em outros Estados brasileiros.

Foto: Divulgação Ampliar

Alex "Gardenal" e Fabinho da Pavona

A fuga de dez presos comandada por “Alex Gardenal” foi responsável pela libertação de quatro pessoas condenadas pela participação no assalto milionário do Banco Central, em Fortaleza, de 2005. Na época, cerca de R$ 167 milhões foram roubados. Para libertar os dez presos, “Alex Gardenal” utilizou fuzis e pistolas. Houve troca de tiros com policiais. Parte da fachada da ala administrativa da cadeia foi atingida com uma rajada de tiros.

A prisão dos dois ocorreu nas proximidades da cidade de Santa Inês, a aproximadamente 250 quilômetros de São Luís. Os dois tinham ido deixar uma moça na rodoviária quando foram abordados pelos policiais.

A dupla estava no Maranhão há aproximadamente 40 dias. “Eles são dois dos maiores bandidos do Ceará e da região Nordeste”, declarou o chefe de inteligência da Polícia Civil do Ceará, o delegado Maurício Pinheiro. “Eles queriam praticar assaltos no Maranhão também, mas conseguimos capturá-los a tempo”, emendou o secretário de segurança do Maranhão, Aluísio Mendes.

Pelas informações da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, cada um responde a 15 processos criminais. Alex Gardenal tem três prisões preventivas decretadas pela Justiça Cearense e o Fabinho da Pavona, 13 preventivas.

    Notícias Relacionadas



    Ver de novo