Em São Luís, 500 pessoas protestam contra atropelamento e morte

Tia e sobrinho foram atingidos em uma das principais avenidas da cidade. Motorista estava bêbado, pagou fiança e deixou prisão

Wilson Lima, iG Maranhão |

Reprodução/Facebook
Ubiraci Silva Nascimento Filho, de 13 anos
Aproximadamente 500 pessoas protestaram nesta quarta-feira contra a violência no trânsito de São Luís. No sábado à noite, duas pessoas de uma mesma família morreram atropeladas após o condutor de um Toyota Corolla perder o controle do carro na avenida Litorânea, um dos principais pontos turísticos de São Luís. O motorista estava bêbado.

Leia também:

- STF decide que dirigir bêbado é crime

- Comissão do Senado aprova 'tolerância zero' ao álcool no volante

A manifestação começou por volta das 18h (horário de Brasília) e durou cerca de duas horas. Ela foi convocada por amigos de Solange Maria Cruz Coelho, 42 anos, e seu sobrinho Ubiraci Silva Nascimento Filho, de 13 anos, vítimas do acidente de sábado.

Convocado pelas redes sociais, o protesto pediu maior punição a crimes de trânsito. Todos os manifestantes estavam com camisetas brancas.

Reprodução/Facebook
Solange Maria Cruz Coelho, de 42 anos
O acidente que resultou na morte de Solange e Ubiraci aconteceu por volta das 20h de sábado. Eles passeavam pelo canteiro central da avenida Litorânea quando o motorista do Toyota Corolla, identificado como Rodrigo Araújo Lima, de 22 anos, em alta velocidade, perdeu o controle do carro e avançou pelo canteiro central. Os dois foram atingidos pelo veículo.

O adolescente morreu instantes após o acidente. A mulher ainda foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Testemunhas ainda tentaram depredar o veículo, mas foram contidos pela Polícia Militar. O motorista foi detido, mas liberado após pagar fiança de R$ 6 mil. Dados do Departamento Estadual de Trânsito de São Luís (Detran) revelam que 4.123 acidentes foram registrados em São Luís nos dez primeiros meses deste ano. Trinta e oito pessoas morreram. Oito delas atropeladas.

    Leia tudo sobre: são luísmaranhãotrânsito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG