4,5 mil pessoas ficam desabrigadas em duas cidades do Maranhão

Em Trizidela do Vale e Pedreiras, colégios suspenderam aulas e caminhões foram utilizados para tirar pessoas de áreas alagadas

Wilson Lima, iG Maranhão |

Aproximadamente 4,5 mil pessoas já estão desabrigadas nas cidades de Pedreiras e Trizidela do Vale por causa das chuvas que castigam a região desde segunda-feira. O nível do rio Mearim, que corta as duas cidades, já está cerca de cinco metros acima do normal conforme informações da Defesa Civil na região. Trizidela do Vale e Pedeiras ficam a 276 e 279 quilômetros de São Luís, respectivamente.


Somente em Trizidela do Vale, dados iniciais da prefeitura apontam que pelo menos 900 famílias estão desabrigadas. Em Pedreiras, são mais 200. Nas duas cidades, as escolas foram fechadas e servem de abrigo para quem está com a casa inundada. Apenas em Pedreiras, 24 escolas são utilizadas como locais de refúgio de pessoas que foram obrigas a sair de casa.

O prefeito de Trizidela do Vale, James de Sousa Freitas (PDT), informou que irá decretar situação de emergência no município. Segundo informações de moradores, o centro comercial de Trizidela do Vale já foi invadido pelas águas e o acesso a várias ruas somente ocorre por meio de canoa. O Parque de Vaquejadas da cidade também está inacessível. O nível da água subiu aproximadamente um metro em apenas cinco horas durante a manhã de hoje. O medo dos moradores é que o nível do Rio Mearim volte a subir nas próximas horas.

As chuvas começaram a castigar a região na segunda-feira mas conforme informações de líderes políticos das duas cidadses, na noite de terça-feira elas se intensificaram e o nível do Rio Mearim subiu bem acima do normal. Pelo menos 50 caminhões foram utilizados nas duas cidades para retirar pessoas das áreas de risco. A festa de carnaval de Pedreiras, um dos mais procurados no Maranhão, deve ser cancelado por causa das chuvas. “O nosso medo é que antes de abril, a situação fique ainda pior porque o período chuvoso ainda não é intenso no Maranhão”, declarou o prefeito de Pedreiras, Lenoílson Passos (PV).

Essa região foi a que mais sofreu com as chuvas ocorridas em 2009. Na época, 80% dos moradores de Trizidela do Vale, que tem 18 mil habitantes, ficaram desabrigados. Em Pedreiras, o número de pessoas que deixaram suas casas chegou a cinco mil. Conforme os moradores da região, apenas por causa das chuvas de ontem, a altura das águas nas duas cidades já é próximo das enchentes de dois anos atrás.

    Leia tudo sobre: maranhãochuva

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG