São Luís já tem 17 veículos incendiados em onda de ataques

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A Polícia Militar reforçou o patrulhamento próximo ao local, na tentativa de prender os suspeitos do crime

Agência Brasil

Apesar da presença da Força Nacional de Segurança patrulhando as ruas desde a última segunda-feira (29), São Luís, capital do Maranhão, registrou hoje (1º) mais um ataque a ônibus. Esse é o 17º veículo incendiado desde a última onda de incêndios, iniciada no sábado (20).

Conforme a Secretaria de Segurança Pública, os autores do ataque ao coletivo da empresa Primor, ocorrido no bairro Recanto do Vinhas, já foram identificados. A Polícia Militar reforçou o patrulhamento próximo ao local, na tentativa de prender os suspeitos.

Na última segunda-feira (22), a Polícia prendeu 16 suspeitos dos incêndios do fim de semana. No sábado, quatro ônibus e um microônibus foram queimados em São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís. Domingo, um ônibus particular foi incendiado no bairro da Alemanha, em São Luís. Na segunda-feira, três coletivos que estavam na garagem de uma empresa, dois automóveis de uma concessionária e seis viaturas estacionadas no pátio da secretaria também foram alvos dos bandidos.

Representantes dos órgãos de segurança pública do estado suspeitam que a ordem para os ataques partiu do interior do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, maior presídio do estado.

Leia tudo sobre: São Luísônibusqueimadosataquesmaranhão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas