Complexo Penitenciário de Pedrinhas registra 14 mortes apenas em 2014

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

A morte mais recente ocorreu na noite da última quarta-feira (27), no Centro de Triagem do local, o maior do estado

Agência Brasil

Nos últimos oito meses, o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís (MA), registrou 14 mortes. A mais recente ocorreu na noite da última quarta-feira (27), no Centro de Triagem do local, que é o maior estabelecimento prisional do estado.

Rebelião em unidade prisional no interior do Maranhão deixa 1 morto e 5 feridos

Preso desaparece no Complexo Penitenciário de Pedrinhas

De acordo com a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária, o detento Marcos Paulo Santos Sales, de 29 anos, foi morto após discutir com companheiros de cela por causa de dívida de tráfico de drogas.

Gilson Teixeira/ASCOM/SSP
No Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, aconteceu a maior revolta de presos do Estado, em novembro de 2010


Local de disputa de poder entre facções criminosas, que brigam pelo controle do tráfico de drogas no estado, Pedrinhas registrou em 2013, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça, pelo menos, 60 mortes de detentos.

Há duas semanas, as autoridades locais encontraram o corpo de Rafael Alberto Libório Gomes, 23 anos, em pedaços, dentro de um saco plástico, enterrado em uma das áreas de carceragem do presídio. Ele ficou desaparecido por cinco dias até que policiais maranhenses solucionaram o caso.

Em abril de 2013, o detento Ronalton Silva Rabelo foi declarado desaparecido, mas o caso nunca foi esclarecido.

Leia tudo sobre: pedrinhasmortos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas