São Luís amanhece com novos protestos e rodovia é interditada

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Apesar de líderes dos protestos no Maranhão terem anunciado a suspensão das passeatas, manifestantes bloqueiam trecho da BR-135 desde o início da manhã

Agência Brasil

Um grupo de manifestantes interdita desde o início da manhã um trecho da BR-135, na avenida dos Portugueses, em São Luís (MA). De acordo com o plantonista da Central de Informações da Polícia Rodoviária Federal, Raimundo Sérvulo, o trânsito está interrompido nos dois sentidos e ainda não há estimativa da extensão do congestionamento.

Minas Gerais: Manifestantes fecham rodovias na região da Grande Belo Horizonte
São Paulo: Manifestação interdita rodovia que dá acesso ao Porto de Santos

Sérvulo destacou que o grupo protesta de forma pacífica por melhorias nos serviços públicos, como oferta de transportes, educação e saúde. Ele disse ainda que uma outra manifestação acontece no quilômetro seis também da BR-135. No local, um grupo menor protesta por motivos semelhantes.

Veja imagens das manifestações em todo o País:

Manifestantes entram em confronto com a polícia no Rio de Janeiro. Foto: APManifestantes entram em confronto com a polícia no Rio. Foto: O DiaManifestante é ferido no sétimo dia de protestos em SP. Foto: DivulgaçãoManifestantes hostilizam partidos em sétimo dia de protestos em SP. Foto: APManifestantes tentam invadir a sede do Itamaraty em Brasília. Foto: ReutersManifestantes rasgam bandeira do PT durante protesto na Avenida Paulista. Foto: Futura PressCartazes pedem fim da PEC 37 que limita poder de investigação do Ministério Público. Foto: Futura PressManifestantes durante sétimo dia de protestos em SP. Foto: Futura PressManifestação reúne milhares de pessoas em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes ateiam fogo no Palácio do Itamaraty em protesto que reuniu 20 mil em Brasília. Foto: ReproduçãoManifestantes colocam fogo no Palácio do Itamaraty em protesto que reuniu mais de 20 mil. Foto: ReproduçãoManifestantes saíram às ruas em Ribeirão Preto. Foto: Futura PressManifestante com capuz preto participa de manifestação em Porto Alegre, RS. Foto: Futura PressManifestantes entram em confronto com a polícia em Brasília. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABrManifestantes entram em confronto com a polícia em Brasília. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABrManifestantes entram em confronto com a polícia em Brasília. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABrManifestantes entram em confronto com policiais durante protesto no centro do Rio de Janeiro  . Foto: O DiaManifestantes entram em confronto com policiais durante protesto no centro do Rio de Janeiro  . Foto: O DiaManifestantes entram em confronto com policiais durante protesto no centro do Rio de Janeiro  . Foto: O DiaManifestantes entram em confronto com policiais durante protesto no centro do Rio de Janeiro  . Foto: O DiaManifestantes entram em confronto com policiais durante protesto no centro do Rio de Janeiro  . Foto: O DiaProtesto contra o aumento do valor das passagens de ônibus, trens e metrô, em Curitiba (PR). Além das passagens, diversas outras causas estão  reivindicadas . Foto: Daniel Castellano/GAZETA DO POVO/Futura PressProtesto contra o aumento do valor das passagens de ônibus, trens e metrô, em Curitiba (PR). Além das passagens, diversas outras causas estão  reivindicadas . Foto: Daniel Castellano/GAZETA DO POVO/Futura PressManifestantes tentam invadir Prefeitura de Campinas,no interior de São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes ocupam as ruas do centro do Rio de Janeiro. Foto: Tomaz Silva/ABrManifestantes ocupam as ruas do centro do Rio de Janeiro. Foto: Tomaz Silva/ABrManifestantes ocupam as ruas do centro do Rio de Janeiro. Foto: Tomaz Silva/ABrManifestantes ocupam as ruas do centro do Rio de Janeiro. Foto: Tomaz Silva/ABrMais de 20 mil manifestantes estão em frente ao Planalto, em Brasília. Foto: BSB Valter Campanato ABrMais de 20 mil manifestantes estão em frente ao Planalto, em Brasília. Foto: BSB Valter Campanato ABrMais de 20 mil manifestantes estão em frente ao Planalto, em Brasília. Foto: BSB Valter Campanato ABrCerca de 20 mil pessoas protestam em frente ao Congresso Nacional. Foto: Agência BrasilTeresina, capital do Piauí, também é palco de manifestações. Foto: Raoni Barbosa/Futura PressManifestantes vão às ruas em Recife com bandeiras contra a corrupção, contra a PEC 37 e diversas outros pedidos. Foto: Leia JáManifestantes vão às ruas em Recife com bandeiras contra a corrupção, contra a PEC 37 e diversas outros pedidos. Foto: Leia JáManifestantes vão às ruas em Recife com bandeiras contra a corrupção, contra a PEC 37 e diversas outros pedidos. Foto: Leia JáManifestantes vão às ruas em Recife com bandeiras contra a corrupção, contra a PEC 37 e diversas outros pedidos. Foto: Leia JáManifestantes vão às ruas de Recife com bandeiras contra a corrupção, contra obras da copa, pedindo mais investimentos em Saúde e Educação, entre outros pedidos. Foto: Flavio Alves/AImagemFutura PressManifestantes vão às ruas de Recife com bandeiras contra a corrupção, contra obras da copa, pedindo mais investimentos em Saúde e Educação, entre outros pedidos. Foto: Flavio Alves/AImagemFutura PressManifestantes vão às ruas de Recife com bandeiras contra a corrupção, contra obras da copa, pedindo mais investimentos em Saúde e Educação, entre outros pedidos. Foto: Flavio Alves/AImagemFutura PressManifestantes vão às ruas em Fortaleza (CE). Foto: Roberto Vazquez/Futura PressManifestantes vão às ruas em Fortaleza (CE). Foto: Roberto Vazquez/Futura PressManifestantes vão às ruas em Fortaleza (CE). Foto: Roberto Vazquez/Futura PressManifestantes voltam às ruas no DF com bandeiras contra a PEC 37, "Fora Renan", contra obras da Copa e outras bandeiras. Foto: Nivaldo Souza/iG BrasíliaManifestantes voltam às ruas no DF com bandeiras contra a PEC 37, "Fora Renan", contra obras da Copa e outras bandeiras. Foto: Nivaldo Souza/iG BrasíliaManifestantes voltam às ruas no DF com bandeiras contra a PEC 37, "Fora Renan", contra obras da Copa e outras bandeiras. Foto: Nivaldo Souza/iG BrasíliaMesmo após a redução da tarifa de ônibus, manifestantes voltam às ruas no Rio de Janeiro contra várias outras bandeiras como a aprovação da PEC 37 e a corrupção  . Foto: Celso Barbosa/Futura PressMesmo após a redução da tarifa de ônibus, manifestantes voltam às ruas no Rio de Janeiro contra várias outras bandeiras como a aprovação da PEC 37 e a corrupção  . Foto: Murilo Rezende/Futura PressManifestantes vão às ruas em Salvador contra o aumento da tarifa de ônibus e várias outras bandeiras como a aprovação da PEC 37 e a corrupção  . Foto: Bahia Raul Golinelli/Futura PressManifestantes vão às ruas em Belém (PA) contra o aumento da passagem de ônibus e contra várias outras bandeiras como a cura gay e a corrupção  . Foto: Igor Mota/Futura PressManifestantes vão às ruas em Belém (PA) contra o aumento da passagem de ônibus e contra várias outras bandeiras como a cura gay e a corrupção  . Foto: Igor Mota/Futura PressManifestantes vão às ruas em Belém (PA) contra o aumento da passagem de ônibus e contra várias outras bandeiras como a cura gay e a corrupção  . Foto: Igor Mota/Futura PressManifestantes vão às ruas em Belém (PA) contra o aumento da passagem de ônibus e contra várias outras bandeiras como a cura gay e a corrupção  . Foto: Igor Mota/Futura Press

"Nos dois eventos, a população está protestando pacificamente, pelo menos até agora. O grupo quer melhorias no serviço público como um todo", disse. Apesar de líderes dos protestos terem anunciado, na semana passada, a suspensão das manifestações, alguns atos estão programados para esta segunda-feira, organizados principalmente em redes sociais.

No País

No Distrito Federal, está prevista uma concentração às 14h, na Praça do Relógio, em Taguatinga, a maior cidade dos arredores de Brasília. De acordo com líderes do movimento, o protesto é pela melhoria da qualidade dos serviços públicos, contra a corrupção e os gastos na Copa das Confederações e na Copa do Mundo de 2014.

Em Porto Alegre (RS), segundo informações da Polícia Militar, o protesto deve começar às 18h em frente à sede da prefeitura, na Praça Montevidéu. Na última quinta-feira (20), a manifestação na capital gaúcha começou pacificamente no centro da cidade, mas terminou com depredação a bancos, casas lotéricas e lojas. Em Belém (PA), os manifestantes devem se reunir a partir das 16h no Mercado de São Brás, no centro da cidade.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas