Lupi: não há nenhuma acusação formal contra Paulinho

O presidente licenciado do PDT e ministro do Trabalho, Carlos Lupi, defendeu hoje, ao chegar para a reunião do PDT, o deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força Sindical (PDT-SP), suspeito de intermediar a liberação de verbas em contratos com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Até agora, não existe nenhuma acusação formal.

Agência Estado |

Existem ilações, mas não existem fatos. Não existe prova nenhuma", disse Lupi, antes de participar da Executiva do partido.

"Temos de tomar um grande cuidado para não transformar o Brasil em um grande tribunal de inquisição onde a gente condena e difama sem direito de defesa", disse. A tendência é que a Executiva do PDT não tome nenhuma medida contra Paulinho.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG