Lula volta a atacar Senado por manter foco em denúncias

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou hoje a criticar o Senado Federal por concentrar suas atenções às denúncias de irregularidades na Casa, deixando de lado as prioridades que são de interesse do País. Em entrevista a duas emissoras de rádio de Goiás, Lula defendeu que as denúncias devem ser apuradas e os responsáveis punidos, ao mesmo tempo em que o Senado deve continuar trabalhando.

Agência Estado |

"O que você não pode é transformar a denúncia em única razão de ser de 81 homens que têm responsabilidade de representar um Estado e uma Nação", afirmou.

Ele também condenou o baixo nível dos debates, com agressões verbais que, segundo o presidente, "só empobrecem o Poder Legislativo brasileiro". "Acho que o Senado está perdendo muito tempo. Ninguém está pedindo para deixar de investigar. As investigações não podem atrapalhar a principalidade da existência do Senado, que é votar as leis."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG