Lula visita complexo siderúrgico no Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO - Em homenagem ao Dia do Trabalho, comemorado amanhã, 1º de Maio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva visita nesta quinta-feira a empresa alemã ThyssenKrupp, controladora da Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA), no bairro de Santa Cruz, no município do Rio de Janeiro. O grupo responde a ações judiciais por desrespeito às legislações trabalhista e ambiental.

Agência Brasil |

Lula vai entregar ao funcionário de número 30 mil da empresa um crachá simbólico, oficializando sua admissão no grupo, responsável pela construção do complexo siderúrgico. O empreendimento recebeu financiamento de R$ 1,48 bilhão do BNDES e é o maior investimento da empresa fora da Alemanha.

No complexo siderúrgico da CSA também serão instaladas duas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC): uma usina termoelétrica e a dragagem dos terminais portuários da Baía de Sepetiba, onde está sendo construído o empreendimento.

Apesar de receber a visita do presidente Lula e investimentos do governo, a grupo responde ações na Justiça por desrespeito à legislação trabalhista e às leis ambientais.

Uma das ações movidas pelo Ministério Público do Trabalho contra a empresa está relacionada à contratação irregular de 120 chineses, encontrados trabalhando como pedreiros na construção da siderúrgica.

Os movimentos sociais marcaram para amanhã uma manifestação na entrada do canteiro de obras das instalações da siderúrgica.

Leia mais sobre: ThyssenKrupp

    Leia tudo sobre: dia do trabalholulasiderurgia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG