Lula vai pedir ao STF que aprove a reserva Raposa Serra do Sol

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu com representantes da Coordenação das Organizações Indígenas Brasileiras (COIAB) na tarde desta sexta-feira e se dispôs a conversar pessoalmente sobre a situação da reserva Raposa Serra do Sol com ministros do Supremo Tribunal Federal. Lula quer sensibilizar os ministros para que a homologação da reserva indígena seja aprovada pelo Supremo.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

De acordo com o cacique Jaci José de Souza, líder da Raposa Serra do Sol, Lula também determinou que a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, e representantes da Funai ajudem no processo de convencimento do Supremo.

A reserva Raposa Serra do Sol, em Roraima, é palco de disputa entre índios e não-índios, especialmente plantadores de arroz. O Supremo analisa a validade da homologação das terras para os indígenas, que aconteceu em 2005.

Reivindicações

Na reunião, líderes indígenas entregaram uma pauta de reivindicações para o presidente, que se comprometeu a ampliar o diálogo com o grupo e cobrar de ministros a execução de programas do governo que estão empacados. O exemplo citado foi a educação indígena, que apesar de ter recursos não está alcançando os objetivos.

Lula também comentou que quer ceder mais terras para os indígenas no Mato Grosso do Sul, mesmo que seja preciso comprar áreas fazendeiros locais.

Questionados sobre as críticas que o general Augusto Heleno, comandante militar da Amazônia, fez sobre a política indigenista brasileira, os participantes da reunião disseram que o assunto não foi debatido durante o evento.

Porém, o presidente da Funai, Márcio Meira, reafirmou a política indigenista brasileira e garantiu que a demarcação das terras indígenas não representa risco para a soberania nacional.

Leia mais sobre: Raposa Serra do Sol

    Leia tudo sobre: raposa serra do sol

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG