Lula vai enviar projeto de lei para consolidar programas sociais

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira que vai enviar um projeto de lei ao Congresso Nacional ainda neste ano para tornar os programas sociais em conquistas definitivas. A proposta do governo é evitar que o futuro governo não continue com suas políticas sociais.

Christian Baines, repórter em Brasília |

Agência Brasil
Lula ao lado de Dilma durante balanço de um ano da crise

Lula ao lado de Dilma durante balanço de um ano da crise

Uma coisa que vou fazer ainda este ano é vou fazer a consolidação das conquistas sociais que tivemos. (...) Transformá-las em política de estado. (...) Essas conquistas não podem ser destruídas. Nós temos que andar daqui para frente, não podemos mais andar para trás, disse Lula durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social.

Lula afirmou que vai convocar uma reunião na semana que vem com especialista da área social para tornar definitivas suas políticas sociais. Quero mandar um projeto de lei para o Congresso Nacional ainda este ano. (...) Temos que ver o que precisamos aprimorar para que a gente possa consolidar definitivamente um jeito de olhar para os [cidadãos] de baixo com mais carinho.

O presidente ainda criticou aqueles que defendem o fim do Bolsa Família e disse que o recurso gasto com o programa não deve ser destinado a outra área. O que o governo vai fazer com mais R$ 12 bilhões? Construir mais uma ponte. Isso é mais importante que levar comida para a população?, questionou. 

Lula afirmou ainda que a manutenção dos programas sociais oferece poder de consumo `a população carente e estimula o fortalecimento e aparecimento de uma classe média mais robusta. Segundo ele, foi justamente a força do mercado interno nacional que ajudou o país a atravessar a crise financeira mundial.

Leia mais sobre Lula

    Leia tudo sobre: lulaprogramas sociaisreforma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG