Lula: todos sabem que quero Dilma como candidata em 2010

SÃO PAULO (Reuters) - Na primeira vez em que foi enfático quanto à sua sucessão em 2010, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou nesta quarta-feira que a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) é sua indicação à eleição presidencial de 2010. Até agora, Lula dizia apenas que ela era sua candidata favorita. Fazer a minha sucessão é uma tarefa gigantesca. Todo mundo sabe que eu tenho intenção de fazer com que a companheira Dilma seja a candidata do PT e dos partidos (aliados). Agora, se ela vai ganhar, é uma tarefa que vai depender do trabalho de cada brasileiro e de cada brasileira, disse Lula em entrevista de rádio.

Reuters |

Lula também descartou concorrer a um novo mandato em 2014. Ele foi eleito em 2002 e reeleito 2006, mas não pode concorrer em 2010. A regra permite, no entanto, que ele dispute em 2014.

"É bobagem imaginar que daqui a quatro anos a gente pode voltar. Rei morto, rei posto, meu caro", disse.

Quanto à queda em sua popularidade, como indicam três pesquisas de opinião recentes, Lula comparou seu desempenho ao da pressão sanguínea arterial. "(A pressão) oscila de acordo com os movimentos que você faz."

Ele apontou a crise financeira internacional, que recrudesceu a partir de setembro, como motivo central para a redução de sua estima. "Nós estamos vivendo uma crise econômica mundial sem precedentes na história da humanidade", declarou.

Pesquisa Sensus, a mais recente divulgada, indica que o desempenho pessoal de Lula caiu para 76,2 por cento em janeiro, frente a 84 por cento em janeiro.

(Por Carmen Munari)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG