FLORIANÓPOLIS ¿ O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobrevoou na tarde desta quarta-feira o rio Itajaí-Açu, que atravessa as mais regiões mais afetadas pelas chuvas em Santa Catarina. De acordo com a Defesa Civil do Estado, o rio atingiu a marca de 4,9 metros às 4h de hoje e a previsão é que a situação melhore ainda mais. Lula sobrevoou as áreas alagadas acompanhado do governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira (PMDB), e dos ministros Edison Lobão (Minas e Energia), Nelson Jobim (Defesa) e Franklin Martins (Comunicação).

Acordo Ortográfico A visita de Lula à Santa Catarina terminou por volta das 17h10 e a previsão é que ele aterrise em Brasília às 19h. Ao chegar à capital federal, o presidente irá assinar uma Medida Provisória no valor de R$ 1,6 bilhão para ajudar os Estados atingidos pelas chuvas, segundo informou o porta-voz da Presidência, Marcelo Baumbach. Mais cedo, a ministra-chefe da Casa Civil Dilma Roussef havia dito o valor de R$ 1,18 bilhões, mas, de acordo com interlocutores do planalto, o número teve que ser aumentado a pedido do ministério da Defesa.

Do montante de R$ 1,6 bilhão, R$ 720 milhões serão destinados para ações de defesa civil, R$ 350 milhões para recuperação de portos, R$ 280 milhões para a recuperação de estradas, R$ 150 milhões para ações das Forças Armadas e R$ 100 milhões para ações de saúde, incluindo construção de postos de atendimento e substituição de equipamentos hospitalares. A MP será publicada ainda hoje em uma edição extra do Diário Oficial da União.

Ricardo Stuckert/PR

Lula sobrevoa áreas alagadas de Santa Catarina ao lado do governador do Estado


Veja também:

Leia mais sobre: Santa Catarina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.