O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou hoje o piso salarial nacional dos professores com um veto importante: a medida passará a vigorar apenas a partir de janeiro, e não será retroativa ao início deste ano, como foi aprovado pelo Congresso. O piso, que será de 950 reais para uma jornada de 40 horas semanais, deverá beneficiar 800 mil professores que hoje recebem abaixo desse valor.

Governos de Estados e prefeituras terão até 2010 para se adaptar a esse valor. Antes do veto, governos locais que pagassem aos trabalhadores menos do que 950 reais teriam de dar um reajuste relativo a um terço da diferença este ano, outro terço em janeiro de 2009 e o último terço, em janeiro de 2010. Com o veto, o aumento terá de ser o equivalente a dois terços da diferença para 950 reais em janeiro de 2009.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.