Lula sanciona lei que torna crime celulares em presídios

BRASÍLA - A lei que considera crime a presença sem autorização judicial de celulares em presídios, punindo quem possibilitar que os presos tenham acesso ao aparelho de telecomunicação, foi sancionada nesta quarta-feira pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

Agência Brasil |

A lei criminaliza também a intermediação e a facilitação do ingresso de aparelhos telefônicos ou de comunicação nas unidades prisionais. Quem for flagrado infringindo a lei, que entra em vigor já nesta quinta, poderá ser punido com três meses a um ano de detenção.

    Leia tudo sobre: celularlulapresídios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG