Lula sanciona lei que cria Ministério da Pesca e Aquicultura

Brasília, 26 jun (EFE).- O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou hoje a lei que cria o Ministério da Pesca e Aquicultura, com o objetivo de impulsionar o setor e aproveitar o potencial marítimo e fluvial do país.

EFE |

Durante o ato, realizado na cidade de Itajaí, em Santa Catarina, Lula também sancionou a nova Lei de Pesca, que facilitará o acesso ao crédito para os pescadores artesanais.

Segundo a nova legislação, esses pescadores passarão a ser atendidos pelo chamado Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, que dispõe de um fundo de R$ 25 bilhões, até agora reservado somente aos pequenos camponeses.

Lula pediu ao novo ministro, Altemir Gregorin, que era secretário da Pesca até agora, que prepare "uma campanha nacional para divulgar a lei", de modo que os pescadores saibam de seu alcance e possam aproveitar plenamente seus benefícios.

"O importante agora é que todos utilizem bem esses recursos, pois não há nada mais triste que lutar por uma coisa e que depois não resulte em nada", declarou Lula.

O novo Ministério também terá que incentivar o consumo de peixe, que não costuma estar presente nas mesas da maior parte dos brasileiros. EFE ed/pd

    Leia tudo sobre: lula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG