Lula reuniu Tarso e PF para tratar de afastamento de Protógenes

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu nesta quinta-feira com o ministro da Justiça, Tarso Genro, e com o diretor-geral da Polícia Federal (PF) em exercício, Romero Lucena de Menezes para discutir a saída do delegado Protógenes Queiroz da Operação Satiagraha, segundo informou a assessoria do ministério da Justiça. Na segunda-feira, em reunião com a PF, Queiroz teria pedido seu afastamento entre os dias 21 de julho e 22 de agosto para concluir um curso de atualização, mas já teria afirmado que não queria voltar às investigações.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

AE
Protógenes pediu afastamento da PF

Após a reunião, fontes do Planalto desmentiram a notícia publicada hoje por alguns órgãos de imprensa, na qual Lula teria pedido a divulgação da fita com a gravação da reunião em que o delegado Protógenes Queiroz pede para deixar a operação.

Ontem, o presidente Lula afirmou que o delegado Protógenes não poderia deixar as investigações da Operação Satiagraha, até que o relatório estivesse 100%  concluído. Na ocasião, Lula defendeu ainda que o delegado fosse a público explicar as insinuações de que foi pressionado a deixar a ação policial.

"Moralmente esse cidadão [Protógenes] deve continuar no caso até terminar esse relatório e entregar ao Ministério Público. O que queremos neste caso é responsabilidade. Depois de fazer investigações por mais de quatro anos, de apurar, na hora de finalizar o relatório, esse cidadão fala que vai sair para fazer um curso e ainda dá vazões para insinuações de que ele foi tirado, ressaltou o presidente. "Vender a idéia de que foi afastado é no mínimo de má fé. Não sei se ele falou ou não. Eu li isso hoje", acrescentou Lula.

Em razão das notícias veiculadas pela imprensa com informações sobre a saída dos delegados responsáveis pela Operação, a PF divulgou ainda ontem uma nota afirmando que o delegado Queiroz comprometeu-se a relatar o inquérito até o dia 18 de julho, e que segundo Queiroz, o procedimento estaria praticamente concluído com os resultados das investigações.

Veja também:

Leia mais sobre: Operação Satiagraha


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG