Lula retira urgência dos projetos do pré-sal, anuncia Temer

BRASÍLIA - O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), anunciou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva concordou em retirar a urgência constitucional dos quatro projetos de lei que tratam da exploração da camada pré-sal. Em troca, Temer deu a garantia de que colocará as propostas em votação em plenário no dia 10 de novembro próximo, obedecendo a um calendário estabelecida com os líderes da base aliada e da oposição.

Agência Brasil |

Sensível ao pleito e à harmonia dos Poderes, o presidente aceitou nossas ponderações e retirou a urgência dos projetos, disse Temer. Ele e alguns líderes aliados estiveram reunidos há pouco com o presidente, no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) ¿ a presidência da República foi transferida para o local em razão das obras no Palácio do Planalto -, para tratar da votação das propostas.

Com a retirada do regime de urgência, Temer informou que serão reabertos os prazos para a apresentação de emendas aos projetos. Ele disse também que requisitará os projetos para votação em plenário no dia 10 de novembro, independentemente deles terem sido ou não votados pelas comissões especiais.

Leia mais sobre: pré-sal

    Leia tudo sobre: lulapré-saltemer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG