Lula: recursos do PAC não precisam de intermediários

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que os recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) não precisam de intermediários para chegar aos municípios e aos Estados que realizam as obras. Em rápida entrevista coletiva concedida hoje em São Paulo, o presidente também comentou as ações da Polícia Federal (PF) para identificar desvios dos recursos do programa, destacando que o PAC está sofrendo investigação por parte do próprio governo.

Agência Estado |

"É sinal de que queremos que cada real que o governo transfere para o município ou Estado seja aplicado na obra que foi contratada e que não precisa de intermediário."

Na semana passada, a PF desbaratou um esquema de desvio de recursos do PAC destinados a obras de saneamento e construção de casas populares, em contratos estimados em R$ 700 milhões. A operação, batizada de João de Barro, investiga a participação de empresários, lobistas, servidores e políticos no esquema. De acordo com a PF, mais de R$ 2 bilhões em recursos provenientes de emendas parlamentares e financiamentos da Caixa Econômica Federal (CEF) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estariam na mira do grupo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG