Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Lula quer que prisão de Arruda sirva de exemplo contra corrupção

São Paulo, 12 fev (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva espera que a prisão do Governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), sirva de exemplo na luta contra a corrupção.

EFE |

"Eu espero que o que aconteceu com Arruda siga de exemplo para que não possa mais se repetir em lugar nenhum", disse o presidente a uma rádio de Goiânia, em suas primeiras manifestações sobre o caso desde que Arruda se entregou ontem à Polícia.

"Nós precisamos ser mais duros com a corrupção, com o corrupto e com o corruptor", comentou Lula, que gostou do fato de Arruda ter tido a iniciativa de se entregar e evitar sair de casa algemado.

Arruda, de 56 anos e sem partido político após ser expulso do Democratas (DEM), se entregou quinta na sede da Polícia Federal (PF), pouco depois de o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) ordenar sua prisão preventiva e a de mais cinco pessoas ligadas ao Governo do Distrito Federal acusadas de tentar subornar um jornalista.

O governador do Distrito Federal está no olho do furacão desde novembro, quando seu ex-secretário de Relações Institucionais Durval Barbosa divulgou imagens gravadas com câmeras escondidas nas quais se vê Arruda, deputados distritais e membros de seu Governo negociando a partilha de propinas.

Os vídeos mostram deputados e empresários guardando enormes quantias de dinheiro em bolsas, meias e até na roupa íntima. Em uma das imagens, outros envolvidos aparecem rezando para agradecer os favores recebidos. EFE az/dp

Leia tudo sobre: arruda

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG