Ao confirmar a escolha do secretário do Ambiente do Rio, Carlos Minc, como novo ministro do Meio Ambiente, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que espera que ele possa contribuir com seu conhecimento para dar seqüência às políticas que o governo vem implementando. Ao final do almoço com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, Lula disse: Vou ligar pro companheiro Minc.

Eu pedi para que uma pessoa minha conversasse com ele, porque ele estava em um avião na hora que eu tomei a decisão. Portanto, vou agora no meu gabinete ligar para ele, na expectativa de que ele venha a contribuir com o seu conhecimento para dar seqüência às políticas que nós estamos já implementando há algum tempo".

Sobre as dúvidas em torno da escolha de Carlos Minc, ele afirmou. "Está claro que é o Minc. Sou eu que estou dizendo". O presidente Lula voltou a comentar que a saída de Marina Silva do ministério causou-lhe o mesmo sentimento que provocaria a notícia de que seu filho estava saindo de casa para morar com a namorada.

"Todos sabem do carinho que tenho por ela. Mas se ela chegou à conclusão de que tem um ciclo que ela quer mudar, não sou eu que vou impedir. Acho que a gente compreende a necessidade da pessoa", disse. Lula ressaltou que Marina Silva goza hoje de imagem interna e externa como pouca gente de sucesso tem. "Obviamente que a política não muda porque é política de Estado", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.