Lula quer parceria com Congresso para crescimento

BRASÍLIA (Reuters) - Em sua última mensagem ao Legislativo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta terça-feira a parceria com o Congresso para garantir as condições econômicas e sociais. Nosso principal desafio em 2010 é trabalhar em conjunto para manter fortalecidas as condições econômicas e sociais que nos permitiram enfrentar turbulências internacionais e fundamental para que o ciclo de desenvolvimento dos últimos anos seja duradouro e sustentável, disse Lula na abertura dos trabalhos do Legislativo.

Reuters |

A mensagem foi entregue ao presidente do Congresso, senador José Sarney (PMDB-AP), pela ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) e lida pelo deputado Rafael Guerra (PSDB-MG), primeiro-secretário da Câmara.

Lula, que elogiou o papel do Congresso, também fez um balanço do desempenho da economia e dos programas sociais do governo e afirmou que as condições macroenômicas do país hoje, apesar da crise global de 2008 e 2009, "são saudáveis" e garantem a retomada do nível de crescimento.

"De um modo responsável, o Brasil continua a criar a infraestrutura necessária para que o ciclo de desenvolvimento social e econômico seja sustentável", afirma.

As votações das duas Casas, suspensas desde o final de dezembro, devem ser retomadas na quarta-feira. A prioridade do governo são os projetos que criam o marco regulatório do pré-sal.

O vice-presidente José Alencar, recebido com carinho pelo plenário, disse que a atenção que recebe não poderia se reverter em votos "porque teria que estar preparado para receber 100 por cento dos votos". Alencar cogita se candidatar a uma vaga ao Senado.

(Reportagem de Fernando Exman; texto de Carmen Munari)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG