Lula quer atitudes mais ousadas para reduzir desigualdade no Norte/NE

BRASÍLIA - Ao comentar os resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domícilios (Pnad), divulgada na última semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou hoje que vai convocar os governadores das Regiões Norte e Nordeste para acelerar a redução da desigualdade em relação ao restante do país. Eu quero chamar os governadores do Norte e do Nordeste para que a gente tome algumas atitudes mais, eu diria, ousadas com relação ao Norte e Nordeste brasileiros. Em seu programa semanal de rádio, Café com o Presidente, Lula argumentou que a desigualdade entre as regiões do país é histórica e secular e que nos últimos anos essa diferença tem sido reduzida.

Valor Online |

"A renda do trabalhador tem crescido lá acima da média", citou.

O presidente listou a necessidade de melhorias nos índices de coleta de esgoto e de lixo e o combate ao analfabetismo como algumas das prioridades das duas regiões.

"Precisa ter políticas especiais porque também na questão da educação e do analfabetismo há uma discrepância muito grande entre o Sul/Sudeste e o Norte/Nordeste brasileiros, numa demonstração de que precisamos fazer mais esforço ainda para alavancar essas regiões para que o Brasil se torne mais justo e menos desigual."
Segundo Lula, o objetivo da reunião com gestores dos estados da região é subsidiar "decisões dentro do governo para melhorar mais rapidamente a situação dos brasileiros que morem em regiões mais empobrecidas".

"(Agência Brasil)"

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG