Lula quer ampliar laços comerciais com Arábia Saudita, China e Turquia

BRASÍLIA - Durante visita à Arábia Saudita, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que há uma extraordinária coincidência de interesses entre ambos os países. Em seu programa semanal Café com o Presidente, ele avaliou a viagem como positiva para permitir um aumento no fluxo da balança comercial.

Valor Online |

"Penso que, a partir de agora, muitos outros empresários brasileiros viajarão para a Arábia Saudita e muitos empresários da Arábia Saudita viajarão para o Brasil", disse, ao afirmar que espera o mesmo de sua visita à China e à Turquia.

Ele destacou que pretende consolidar uma parceria "estratégica" com o governo chinês. Para Lula, o fluxo da balança comercial com o país é "extraordinário" e pode crescer ainda mais. Já sobre a viagem à Turquia, o presidente espera reverter uma relação que classificou como "tímida".

Lula encontra-se hoje com o presidente chinês, Hu Jintao. Amanhã, inaugura o Centro de Estudos Brasileiros e abre encontro de empresários dos dois países e, na quarta-feira, o presidente viaja para a Turquia.

(Agência Brasil)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG