Lula quer 3 turnos para acelerar obras e ampliar emprego

RIO (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira que vai pedir aos ministros para que comecem a contratar as obras de infraestrutura deste ano em dois ou três turnos de trabalho. Lula quer acelerar o fim das obras e garantir mais postos de trabalho em meio à crise econômica global.

Reuters |

"Se uma empresa privada pode fazer uma obra em um ano, por que o governo tem que demorar dois anos?", questionou Lula em discurso na inauguração da hidrelétrica San Salvador, no Estado do Tocantins.

Lula cobrou agilidade do governo no pagamento das obras e disse que o momento é de excepcional idade.

"Nós precisamos compreender que em tempo de guerra a gente trabalha mais, a gente age mais, tem mais ousadia e faz as coisas que em tempo de normalidade não é preciso fazer", defendeu no discurso distribuído pelo Palácio do Planalto.

Ao destacar que o governo tem uma série de obras previstas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Lula disse que também quer conversar com as empresas para que contratem trabalhadores em dois turnos.

"Se a gente fizer isso, com certeza a gente terminará o ano de 2009 num patamar diferente do que terminamos o ano de 2008", afirmou.

(Texto de Mair Pena Neto)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG