O presidente Luiz Inácio Lula da Silva prometeu ajuda integral para a reconstrução dos municípios atingidos pelas enchentes no Maranhão - 52 cidades, todas em estado de emergência -, mas exigiu deles projetos muito bem realizados para que possam conseguir o dinheiro necessário às obras. Não adianta ter dinheiro se não tem projeto; o projeto é essencial para se conseguir o dinheiro, disse Lula.

Ele sobrevoou, de helicóptero, por duas horas, locais alagados, num raio de 250 quilômetros a partir de São Luís, na companhia da governadora Roseana Sarney (PMDB) e de quatro ministros. Depois, na presença de Roseana, dos ministros e de parte dos prefeitos das cidades que estão em estado de calamidade, fez um discurso com promessas que em nenhum momento citaram valores. "Primeiro, é preciso esperar a enchente passar, contar o prejuízo e levar o projeto para Brasília. Se estiver bem feito, não faltará dinheiro, mesmo que neste ano estejamos com arrecadação menor por causa da crise internacional", disse Lula.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.