O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um discurso pacificador durante sua participação na reunião extraordinária da União das Nações Sul-americanas (Unasul). Podemos propor a Rafael (presidente do Equador, Rafael Correa) uma pequena reunião que poderia discutir a respeito da paz no continente.

Nunca falamos sobre isso e, às vezes, escutamos que a tensão na região aumentou e isso me preocupa", afirmou Lula. "Ninguém nunca deu nada de presente para mim quando eu era sindicalista e ninguém vai dar nada de presente à Unasul. A solução dos nossos problemas está dentro de nosso continente, não fora", opinou.

O presidente Lula lamentou a ausência do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que não se encontrava na sala de reuniões no momento de seu discurso. E lhe mandou um recado: "é uma pena que o companheiro Chávez não esteja presente, porque creio que poderíamos discutir uma política de paz no continente entre Uribe (Álvaro Uribe, presidente da Colômbia), Correa e Chávez".

Segundo Lula, esses países precisam se reunir "para definir claramente os parâmetros que permitam transmitir ao mundo uma imagem de que realmente queremos paz, democracia e desenvolvimento social e, por isso, o povo votou em nós".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.