Lula pede minuto de silêncio por Haiti e decreta luto de 3 dias

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decretou nesta quarta-feira luto oficial de três dias por causa do terremoto no Haiti e pediu, durante cerimônia em Brasília, um minuto de silêncio pelas vítimas da tragédia que devastou o país caribenho. Hoje poderia ser um dia de muita alegria, mas é um dia de tristeza, disse Lula durante evento para Copa do Mundo de 2014, ao referir-se ao forte tremor que devastou o Haiti.

Reuters |

O presidente haitiano, René Préval, estimou que o número de mortos pelo forte tremor de terça-feira pode chegar a 50 mil. Entre as vítimas, estão 12 brasileiros --11 militares e a diretora da Pastoral da Criança, Zilda Arns.

Em homenagem às vítimas do tremor, Lula pediu um minuto de silêncio.

"(O Haiti) já vive o problema de ser o país mais pobre do mundo e uma série de problemas não resolvidos. Aquele povo não merecia mais uma desgraça", afirmou. "Eu queria pedir que de pé a gente fizesse um minuto de silêncio pelas vítimas das intempéries."

O presidente afirmou ainda que conversará com seu colega norte-americano, Barack Obama, ainda nesta quarta-feira para discutir ações de ajuda ao Haiti.

(Reportagem de Natuza Nery)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG