Lula nomeia Hugueney como novo embaixador na China

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou decretos remanejando sete diplomatas e nomeando-os para exercerem cargos em outros países. Para o cargo de embaixador do Brasil junto à China, o presidente nomeou o atual delegado permanente do Brasil em Genebra (Suíça), Clodoaldo Hugueney Filho.

Agência Estado |

Ele exercerá, cumulativamente com a Embaixada do Brasil em Pequim, os cargos de embaixador junto à Mongólia e à Coréia do Norte.

Hugueney substitui, em Pequim, o embaixador Luiz Augusto de Castro Neves, nomeado hoje por Lula para assumir a Embaixada do Brasil no Japão. Para o cargo de delegado permanente do Brasil junto à Organização Mundial do Comércio (OMC) e às outras organizações econômicas com sede em Genebra, o presidente da República nomeou Roberto Carvalho de Azevêdo, removendo-o da Secretaria de Estado do Itamaraty, com Maria Nazareth Farani Azevêdo, a qual nomeou para o cargo de delegada permanente do Brasil em Genebra.

As nomeações assinadas por Lula foram publicados na edição de hoje do Diário Oficial da União, com decretos de remanejamento de outros diplomatas. É o caso de Sérgio Augusto de Abreu e Lima Florencio Sobrinho, removido da Delegação Permanente do Brasil em Genebra e nomeado embaixador do Brasil no México.

Da Embaixada do Brasil no México, o presidente retirou Ivan Oliveira Cannabrava e o nomeou para exercer o cargo de embaixador na Bélgica e, cumulativamente, em Luxemburgo. Já o embaixador do Brasil na Bélgica, Almir Franco de Sá Barbuda, foi nomeado cônsul-geral do Brasil em Washington, nos Estados Unidos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG