Lula não confirma indicações de Toffoli e Múcio

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva preferiu fazer mistério sobre as indicações do advogado-geral da União, José Antonio Toffoli, para o Supremo Tribunal Federal (STF) e do ministro José Múcio Monteiro para o Tribunal de Contas da União (TCU). Os dois nomes são os mais cotados para ocupar as vagas.

Agência Estado |

"Não tomei a decisão ainda. Estou pensando", desconversou o presidente, que, segundo fontes, teria acertado com Toffoli, hoje, detalhes para a sua indicação.

"A indicação de quem quer que seja para a Suprema Corte ou o Tribunal de Contas da União, quando eu decidir, terei imenso prazer de fazer um comunicado oficial à imprensa de que já escolhi as pessoas. Vou escolher os nomes entre os 190 milhões de brasileiros", afirmou o presidente.

Pesquisas - Para o presidente, a candidatura da ministra Dilma Rousseff à sucessão presidencial não está perdendo visibilidade.

"Uma campanha é igual uma maratona. Quem ganha, nunca é o que sai correndo de forma atabalhoada", afirmou o presidente, no Palácio do Itamaraty, depois de receber o presidente do Malaui. Lula ressaltou que Dilma ainda não é candidata formalmente e que no momento ela tem muitas obrigações no governo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG