Lula marca 3ª reunião ministerial do ano para dia 24

Antes de embarcar para Roma, na Itália, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva marcou uma reunião ministerial para o dia 24 de novembro, a terceira do ano. Pelo menos dois assuntos estarão na pauta: a crise econômica e suas conseqüências para o Brasil e o resultado das eleições e a necessidade de manter a base unida para assegurar a aprovação de propostas e medidas provisórias (MPs) nos dois últimos anos de mandato.

Agência Estado |

O governo está preocupado com as divisões que podem ocorrer na base em função da disputa pelas presidências da Câmara e do Senado, que poderá produzir estragos internos entre os partidos aliados. O presidente Lula já avisou, e isso deverá ser reiterado na reunião, que a idéia do governo é assegurar a continuidade dos projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para manter a economia interna aquecida, evitando maiores prejuízos, principalmente, no emprego.

De acordo com assessores do Planalto, o presidente pretende falar sobre os próximos dois derradeiros anos de governo e da agenda legislativa a ser negociada com o Congresso. A última reunião ministerial foi realizada em nove de junho e teve como objetivo estabelecer regras de participação dos ministros nas campanhas, para evitar desentendimentos que prejudicassem a aliança do PT com os demais partidos da base.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG