Lula: Jobim crê que ainda é possível achar caixa-preta

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou hoje, na Cidade da Guatemala, que conversou com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, sobre as buscas na região do Oceano Atlântico onde desapareceu o Airbus da Air France e que o ministro manifestou esperança de que ainda se possa encontrar a caixa-preta da aeronave. Um país que acha petróleo a 6 mil metros de profundidade pode achar um avião a 2 mil, disse o presidente.

Agência Estado |

Embora ainda não se saiba oficialmente o que aconteceu com o voo 447 e seus 228 ocupantes, Lula declarou que o governo brasileiro fará "o possível e o impossível" para localizar os destroços do Airbus. "O melhor que poderia acontecer é que se consiga chegar lá para que se possa entregar as pessoas às famílias", afirmou.

Lula contou ter recebido de Jobim a informação de que, na madrugada de hoje, um avião Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) viu o que parecia ser uma mancha de óleo sobre a lâmina d'água, na região. "Essas informações sobre as distâncias entre as coisas que estão sendo encontradas mostra que há na região uma corrente marítima que pode levar os destroços para vários pontos." Lula disse que continua sendo informado permanentemente pelas autoridades aeronáuticas brasileiras sobre as operações de busca pela aeronave.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG