Lula já criou 82 mil cargos só em 2008, diz tucano

A aprovação na noite de ontem pela Câmara dos Deputados de duas medidas provisórias (MPs) que concederam reajuste salarial aos servidores públicos também elevou para mais de 82 mil os cargos criados apenas neste ano pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O levantamento foi feito pelo deputado Arnaldo Madeira (PSDB-SP), que tem acompanhado os projetos e as MPs que tratam do tema.

Agência Estado |

Segundo ele, o impacto financeiro dos 82.424 cargos e funções gratificadas é de R$ 29,93 bilhões por ano.

"Nunca antes na história do País se criou tantos cargos como neste ano", disse Madeira. O deputado tentou retirar o item da MP 441 que criava 11.640 cargos durante a votação de ontem na sessão noturna da Câmara, mas havia acordo entre os líderes para aprovar a MP de forma simbólica. "A oposição tem uma certa responsabilidade, porque foi complacente com a aprovação das medidas provisórias", afirmou o deputado, que fez questão de registrar seus votos contrários às MPs na sessão.

As duas MPs aprovadas concedem reajuste salarial para 471.477 servidores públicos civis, com aumento salarial de até 150%. O reajuste, que é escalonado e vai até 2012 em alguns casos, terá um impacto nos gastos públicos de R$ 3,45 bilhões, em 2008, e de R$ 16,6 bilhões, em 2011. "Estão comprometendo o futuro. Estão criando despesas sem apontar fonte de receita para isso", afirmou Madeira. Na MP 440, também aprovada ontem, foi incluída a criação de 2 mil cargos para a Polícia Federal (PF).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG