Lula garante que política ambiental não muda sem Marina

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu que não haverá alteração na política ambiental do governo por conta da saída de Marina Silva do Ministério do Meio Ambiente. A política ambiental do Brasil não muda, disse Lula a jornalistas em cerimônia com a chanceler alemã, Angela Merkel.

Reuters |

Lula afirmou ter ficado 'triste' com o pedido de demissão de Marina, apresentado na véspera, e acrescentou que a senadora prometeu, em sua carta de demissão, continuar a luta ambiental no Congresso.

'(Foi) como a saída de um filho de casa', disse o presidente, lembrando que tem uma relação política há 30 anos com Marina.

'Tenho uma relação política com a Marina há 30 anos. Não é uma coisa que aconteceu ontem ou que aconteceu no governo. Fico triste porque ela é uma companheira das mais qualificadas no mundo para discutir a questão ambiental', disse o presidente.

'Na carta que ela enviou a mim, ela disse que vai continuar sua batalha no Senado', acrescentou.

Ainda não foi definido o substituto de Marina para o ministério. O ex-governador do Acre, Jorge Viana, e o secretário do Ambiente do Rio de Janeiro, Carlos Minc, ambos do PT, são os dois principais candidatos ao cargo.

(Reportagem de Raymond Colitt)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG