Lula ganha homenagem inusitada em festa de natal catalã

MADRI ¿ O presidente Luiz Inácio Lula da Silva virou um bonequinho caganer, o tradicional santo cagão das festividades de Natal da Catalunha que, nos últimos anos, recuperou a popularidade ao homenagear celebridades do mundo todo.

AFP |

Lula passou a integrar a lista de personalidades homenageadas junto a nomes como o do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, e da primeira-dama da França, Carla Bruni, todos devidamente vistos com as calças arriadas e exibindo o traseiro enquanto satisfazem suas necessidades fisiológicas.

Lula foi "homenageado" por série de estátuas que celebram fertilização / AFP

Sinônimo de fertilidade numa sociedade de tradição agrícola, esta figura de terra representando um camponês em posição de evacuação remonta, segundo os historiadores, à exaltação realista da época barroca, no século 18.

"O 'caganer' simboliza a necessidade de fertilizar a terra para ter uma boa colheita no ano seguinte", explica Jacques Deloncle, curador do museu do Castillet, em Perpignan, "capital" da Catalunha francesa.

"Mas ele constitui também uma forma de irreverência que lembra a todos que os homens são iguais quando se trata da vida e das funções biológicas", acrescentou este etnólogo.

O "caganer" é há vários anos a vedete incontestável dos quatro mais importante mercados de Natal da Catalunha espanhola: Santa Lucia e Sagrada Familia, em Barcelona, e Mercado da árvore de Natal, em Espinelves (Gérone) e Sabadell.

Presidente eleito dos EUA, Barack Obama ganhou versão idêntica a de Lula / AFP

O retorno do personagem ocorreu há 15 anos no ateliê de santos de Ana Maria Pla, que hoje conta com a ajuda dos filhos Marc e Sergi Alos. Eles atualizaram este personagem "portador de valores positivos", ao lhe dar novos rostos: diabo, freira ou policial. Mas também os de personagens célebres, como já aconteceu com o jogador Ronaldinho.

Há alguns anos, o "caganer" causa furor: entre 20 e 40.000 figuras são vendidas nos mercados de Natal, por valores entre 8 e 12 euros a peça, segundo os modelos.

    Leia tudo sobre: espanha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG