Lula expressa solidariedade a apelo de presidente francês sobre libertação de Betancourt

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva manifestou nesta terça-feira sua solidariedade ao apelo do presidente da França, Nicolas Sarkozy, pela libertação da senadora Ingrid Betancourt, seqüestrada há seis anos pela Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Em nota divulgada à imprensa nesta tarde, a assessoria do Planalto informou que Lula acredita ser urgente salvar todos aqueles que se encontram em situação de risco extremo de vida.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

Lula tomou conhecimento do pronunciamento do presidente Sarkozy, realizado nesta terça-feira, no qual o Chefe de Estado da República Francesa pede a imediata libertação da senadora Betancourt e dos demais reféns em mãos das Farc.

Em conversa com o presidente colombiano, Álvaro Uribe, Lula expressou seu desejo de encontrar, o mais breve possível, uma solução humanitária que permita a pronta libertação dos reféns. Durante a conversa, os presidentes trataram também da realização da próxima reunião de Chefes de Estado da União de Nações Sul-Americanas (Unasur).

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, telefonou nesta terça para o presidente colombiano pedindo para que o país suspenda as operações militares contra a guerrilha Farc para colaborar numa "missão humanitária" que leve à libertação da refém Ingrid Betancourt, que segundo ele está perto da morte.

    Leia tudo sobre: farc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG