Lula é o maior cabo eleitoral do País, revela CNT/Sensus

BRASÍLIA - Lula é o maior cabo eleitoral do Brasil hoje, revela a pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta segunda-feira. Isso porque 44,1% dos entrevistados responderam que poderiam votar em um candidato apoiado ou indicado pelo presidente Lula. Desses, 15,5% afirmam que só votariam em um candidato apoiado pelo Lula.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Apenas 19,9% dos entrevistados não votariam em candidato apoiado pelo presidente. 30,9% afirmam que a decisão depende também de conhecimento sobre o candidato. A pesquisa Sensus foi realizada entre 15 e 19 de setembro, com 2 mil eleitores de 136 municípios. A margem de erro é de 3%.

Eleições 2008

A pesquisa CNT/Sensus revela ainda que 59,8% da população já têm seu voto para o pleito municipal de outubro definido. 17% responderam que têm preferência, mas ainda podem mudar de candidato, e 18,9% ainda não sabem em quem votar.

Quando perguntados sobre o nível de interesse nas campanhas eleitorais, 35,9% do entrevistados afirmaram acompanhar as campanhas 'com muita atenção. Nas eleições de 2004, este índice era de 38,2%. Os eleitores que acompanham 'com interesse médio' somam 40,6%, enquanto, em 2004, 31,5% responderam da mesma forma. Ainda 21,5% se revelam desinteressados pelas eleições, enquanto, em 2004, 28,5% não se interessavam pelas campanhas.

A pesquisa levantou ainda um ranking de critérios para a escolha para prefeito. Ser um bom administrador foi considerado o mais importante para 48,9%. As propostas são as mais relevantes para 18,8%. Ser um bom político foi apontado por 18,2% dos entrevistados como o principal critério e qualidades pessoais é para 11% o fator mais relevante na escolha do prefeito.

Segundo a pesquisa, 40,4% esperam que o prefeito administre o município garantindo a execução dos serviços públicos. 33,1% anseiam pela geração de empregos. 17% acham importante desenvolver políticas de combate à violência, enquanto 4,3% esperam que o prefeito participe de grandes temas nacionais.

Mais sobre a pesquisa CNT/Sensus:

Leia mais sobre: pesquisa CNT/Sensus

    Leia tudo sobre: cnt/sensus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG